12 March 2011

SUPER MULHER

Existe ali uma mulher
Que já disse ser azeda, porém doce

Que nada sabe, mas
Sempre canta
Que não sabe porque foi nascer
Vai de lá pra cá
Mas resolveu ficar
Só pra desestabilizar
Olha, ela fala, ela canta e ela grita
Escolha o que quiser!
A Ana ama, odeia, sonha e canta
Silêncio enquanto pensA
barulho enquanto dorme
A Ana ama, odeia, sonha e canta. Insiste
Mulher, princesa... uma diva!

A Ana encanta
Ela também merece!

------------------------------------------------------Fica assim minha homenagem a ANA

6 comments:

Letícia said...

Encontrei um pouco de mim com essa Ana =´)

Sheila Ribeiro said...

Ana do paradoxo. hehe


(Pois é, voltei a blogar. A agora pretendo não abandonar esse blog atual. Obrigada pela visita.)

:)

Juliana said...

Que linda homenagem! Nada melhor do ser mulher, acho que se não fosse mulher, seria mulher do mesmo jeito! Hahaha

Marcelo Carvalho said...

Eu não sabia que o Roxette havia lançado um cd novo, no caso deles tem-se que colocar assim heheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheheh.
Mas essa será a última turnê mesmo não é?

Marcelo Carvalho said...

E aí? Como foi o show?
A minha exposição ficará mais um tempo na Percepção Musical. Apareça lá.

Silenciosamente ouvindo... said...

Foi um prazer chegar ao seu blogue.
Me registei.
Voltarei.
Bj.
Irene